Peças que a vida prega - Santa Tereza Tem
Logo

Peças que a vida prega

Adolescente boliviano necessita de doadores de sangue e medula e o pai, de trabalho

A vida é mestra em pregar peças. Quando a gente menos espera tudo vira de cabeça pra baixo. Foi o que ocorreu, com o médico e professor boliviano, Roger Orlando Jimenez Collado, que atualmente vive em Belo Horizonte. Médico e professor na Escola de Medicina de Santa Cruz de La Sierra, de repente viu seu filho de 13 anos, Roger Gabriel Jimenes Barba, dormir aparentemente saudável e acordar com uma grave e rara doença, Leucemia Linfoblástica Aguda de Células T.

rogerDe difícil diagnóstico, Gabriel fez inúmeros exames, e nada era detectado, apesar de seu estado de saúde piorar a cada dia. Quando chegou-se ao diagnóstico, ao pai não restou outra saída, pedir demissão da Universidade, juntar as economias e buscar tratamento fora de seu país, já que na Bolívia não havia a menor chance de encontrar cura para Gabriel.

O país escolhido, conta Roger, o pai, “foi o Brasil, pela qualidade tratamento e por eu ter amigos em Belo Horizonte, que se ofereceram para me dar o suporte inicial. Com a ajuda deles, meu filho está recebendo os cuidados necessários na Santa Casa e conseguimos matricula-lo no Instituto de Educação, onde quando a doença permite ele frequenta as aulas”.

 O tratamento, apesar de agressivo e dos diversos efeitos colaterais, tem conseguido manter o adolescente, hoje com 15 anos, com uma qualidade de vida razoável, enquanto aguarda um doador que tenha a medula compatível com a dele, pois apenas o transplante irá garantir a sua sobrevivência.

Doação de sangue e medula

Além da quimioterapia, o adolescente, necessita fazer transfusão de sangue com frequência, pois suas plaquetas estão quase sempre abaixo do ideal. Por isso o seu pai, Roger, pede a quem puder que faça uma doação de sangue, em nome de Gabriel. “Precisamos estar sempre repondo os estoques do banco de sangue. Como não tenho uma rede de relacionamento grande e nem parentes na cidade está sendo muito difícil fazer essa reposição”.

Outra questão é a da medula. Gabriel está na lista de espera e assim que surgir uma medula compatível com a dele, ele será chamado para fazer o transplante. Quem puder se cadastrar como doador irá aumentar as chances de que seja encontrada uma medula, que possa ser transplantada em Gabriel, possibilitando que sua vida volte ao normal e ele regresse à Bolívia.

Busca por trabalho

As dificuldades para Roger e Gabriel não param por aí. A demora em conseguir a medula prolonga a estada deles aqui e os recursos obtidos com a venda da casa, carro e consultório já estão chegando ao fim e os gastos com aluguel, alimentação e transporte continuam. Por isso o médico Roger está atrás de trabalho. Porém ele não pode clinicar no Brasil, pois o seu CRM não é reconhecido no país, enquanto ele não prestar uma prova, que só vai acontecer em outubro do ano que vem. Até lá ele precisa conseguir um trabalho.

“Este ano, quando teve a prova, o Gabriel estava muito mal e não pude fazer o exame. Então estou atrás de qualquer trabalho, que me dê um rendimento para manter o aluguel do apartamento em dia. Pode ser de professor de espanhol particular ou mesmo em alguma escola de idiomas ou de cuidador de idosos, ou qualquer outro que eu tenha competência pra fazer”, fala Roger em seu portunhol já bem aportuguesado.

Para ele, sacrifícios não existem, quando se trata de salvar a vida do filho. “Gabriel é o que há de mais importante pra mim. E tudo que eu puder fazer para que ele recupere a saúde, eu farei. Ver meu filho de volta à escola, correndo, jogando bola é o que importa”, diz o pai emocionado.

Portanto, se você tem ou conhece alguém que possa oferecer um trabalho para o Roger pode entrar em contato com ele pelo Telefone: 9884.0355 ou pelo E-mail: drrojc@hotmail.com

Onde doar sangue e medula

A doação de sangue deve ser feita no Hemominas em nome de Roger Gabriel Jimenes Barba.
Local: Hemominas – Alameda Ezequiel Dias, 321 – Santa Efigênia
Segunda a sexta-feira: 7h às 18h
Telefone: (31) 3768-4500
Agendamento online  155, posição 8.

Doação de Medula

O cadastramento de candidatos à doação de medula óssea é feito pela Fundação Hemominas e vinculado ao Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea (Redome). Deve ser feita também no Hemominas. Mais informações sobre o assunto no site do Hemominas, clique aqui.

Show beneficente Som da América Latina
Diversos músicos do Brasil, Bolívia, Peru e Chile se apresentam sem cobrar cachê.

Local: Copo Sagrado – Rua Santo Amaro, 449, Sagrada Família
Hora: de 13h às 19h
Dia 1º de abril
Ingressos: 20,00
Venda antecipada: 99309 2683 / 98840.3551 / 98781.0844/ 99776.4276

Anúncios